"PLANTE UMA ÁRVORE" - A VOZ DO BRASIL NAS REDES SOCIAIS

segunda-feira, 7 de maio de 2012

A imagem nossa de cada dia


por Natália Costa

Olá! Esta é minha primeira vez no Coletivo Cirandar, e pensei: falar de que? Lembrei-me de um livro que li logo depois de me graduar, sobre crise de imagem - logo eu, que nunca tinha pensado em trabalhar com assessoria de imprensa! Pois é... Não é que até me descobri assessora, também? Afinal, toda pessoa e marca têm esta preocupação e, mais que isso, esta necessidade: cuidar da imagem. Foi atuando que percebi que o trabalho desenvolvido com uma empresa ou pessoa é também uma ferramenta de seu marketing, seja pessoal ou profissional. Vamos lá...

Colocando em prática as aulas de “Jornalismo Organizacional” pude compreender o que pode vir a ser um dos maiores desafios da comunicação, em minha opinião: o gerenciamento de uma crise de imagem. Em “Comunicação em Tempos de Crise”, o jornalista João José Forni afirma que, na maioria das vezes, a comunicação só é acionada quando o estrago já está feito.

Um exemplo pode ilustrar bem esse comportamento – reativo e não preventivo – e foi matéria especial de uma publicação mineira há algum tempo. Com o título “Imagem distorcida” (Revista Viver Brasil, edição 56), a matéria analisa como marcas fortes e consolidadas podem ter sua credibilidade abalada e/ou mesmo destruída a partir de uma crise. Neste momento, cabe ao trabalho de uma assessoria bem executada “resgatar” seu cliente e conduzi-lo novamente por “águas mais tranqüilas”!
Antes de ler essa matéria - ilustrada com o caso da venda de óculos falsificados por uma tradicional empresa do ramo em Minas Gerais – o livro a que me referi foi que me despertou e ensinou um pouco mais sobre o tema. Vale a pena tê-lo como referência: “A era do escândalo”, de Mário Rosa. Nele, o jornalista recomenda que a melhor atitude numa crise de imagem é a transparência. Explicar realmente o que está acontecendo ou aconteceu, deixar todas as informações disponíveis para o cliente/público é um dos caminhos para conservar e até recuperar a credibilidade.
Em dez casos, selecionados pelo autor e relatados por seus protagonistas, pode-se ter um guia que ajuda a nortear a comunicação nestes momentos. Como tudo aconteceu, quais as atitudes tomadas em cada caso, os resultados obtidos, enfim, um “manual de sobrevivência” essencial a todos que se interessam e trabalham nessa área.
A partir desses exemplos, pode-se perceber como a comunicação engloba muitos aspectos por vezes desprezados, ou então tratados sem o devido cuidado e profissionalismo. No que se refere ao marketing de uma pessoa ou marca, os aspectos têm que estar interligados e afinados, para que sua imagem não seja abalada. E, se acontecer, reconhecer as falhas e tratá-las de forma a evitá-las posteriormente. Em todo caso, transparência é fundamental, como já citado.
O assunto é vasto e poderia ser largamente debatido aqui. Mas como não sou especialista no assunto, prefiro deixar este breve texto como estímulo à troca de experiências entre todos os profissionais de comunicação e áreas afins. Espero que as indicações possam ser úteis e suscitem novos temas. 

Um abraço e até a próxima!


Natália Costa
                                                                                            Jornalista e colunista do Coletivo Cirandar.




sexta-feira, 23 de março de 2012

COLETIVO CIRANDAR DIVULGA O TRABALHO DO GRANDE ARTISTA PLÁSTICO MINEIRO, SEBASTIÃO CRUZ.





Sebastião Cruz reside no Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte. Desde 1974, atua profissionalmente como artista plástico. E, em 1976 concluiu seus estudos na Escola de artes Guignard.

Segundo o artista, as principais influências de suas obras são: Pablo Picasso, Marc Chagall, Leonardo Da Vinci, Paul Cézanne e Miguel Ângelo. Ao longo dos seus 38 anos de trabalho, Sebastião Cruz possui uma vasta obra:

·         Trabalhos divulgados em exposições no Palácio das Artes, Museu da Pampulha e principais galerias da cidade.

·         Palácio da Justiça de Vespasiano- MG (vitral 16m2);

·         Universidade do Trabalho de Minas Gerais, no alto da Av. Afonso Pena (26m2 de painéis);

·         Escultura em ferro de 450 kg, com a temática de esportes, no Clube dos Oficiais da Polícia Militar;

·         Quatro painéis em pintura, na casa de shows "Pizza Grill" em Barbacena-MG.
































Interessados na obra, entre em contato com o Coletivo Cirandar: 
+55(31) 9414-9734 
coletivo.cirandar@gmail.com


quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Homenagem ao dia internacional da mulher


A mulher é um ser
abençoado, pois traz em seu ventre o poder da criação e da perpetuação do ser
humano.

Quis Deus, o criador de tudo que existe aos nossos olhos e
sentidos, que ela fosse escolhida mãe do Filho Unigênito, Jesus Cristo, o
redentor da humanidade que trouxe de volta em si, o milagre da vida eterna.
Mulher, a luz dos olhos teus, reflete o brilho do sol que a cada
dia ilumina a vida dos olhos meus.

Em teu seio emana o leite que ao ser sorvido fortalece os filhos
teus e alimenta a alma e o corpo.

O teu pranto doído se derrama pelo futuro do mundo, umedece a
terra e há de tornar fecundo o solo infértil, e sementes hão de ser plantadas e
darão frutos que serão a seiva que sustentará a vida.

Que vivam as mulheres, rainhas da Terra, mães dos homens filhos de
Deus!

Direitos autorais – poesia de:
Sebastião Cruz
Poeta e Artista Plástico


Mensagem disparada nas redes sociais da Floricultura Ikeban Flores, confiram: